LIFESTYLE#38 happy Easter & happy feelings

domingo, abril 20, 2014


Uma destas noites vi um programa bastante 'fútil', mas muito engraçado no canal Q, a determinada altura do programa comentaram a nova moda 'after sex selfies' e discutiu-se a febre das redes sociais e o porquê das pessoas colocarem fotos de tudo, de sítios que visitaram, de comida, etc. Alguém disse, a certa altura, que a maioria das pessoas só se sentia satisfeita se todo o mundo pudesse ver o que estavam a fazer, caso contrário era como se aquele momento não tivesse acontecido. E diziam até, que as pessoas não curtem o momento por não largarem a máquina, como por exemplo, nos concertos em que passam o concerto a filmar e vêem o concerto através da objectiva. 
Eu fiquei a pensar, deu-me o click e vi-me, infelizmente, nessa situação. Pensei e reflecti que muitas vezes não fotografei determinado momento porque aconteceu, mas fiz com que o momento acontecesse só para fotografar e publicar numa rede social qualquer. Isso deixou-me triste e a pensar que, de facto, o ser humano necessita de se mostrar para ser feliz. Eu que nunca me considerei uma pessoa dessas ao parar para reflectir, vi que estava a ir nessa onda...
Até o desafio de tirar uma fotografia por dia (sempre através do Instagram) acaba por não ser uma forma de praticar a fotografia, descobrir novas perspectivas, etc (também é, mas não o mais importante) e é uma forma de mostrar uma coisa 'fixe' que tenha feito no meu dia, quando tal não acontece, não sei o que fotografar.
Enfim, acho que esta retrospectiva me fez olhar para as redes sociais e pensar que tudo o que é em excesso não é benéfico e que se te sentes feliz e completo com a tua vida não precisas da 'aprovação' de ninguém para te sentires bem.
Aproveito para vos desejar uma Feliz Páscoa, mais um dia em que por cá aproveitamos para reunir a família, preparar bons petiscos e ser feliz!

Be happy, 
Ju ♡

You Might Also Like

12 comentários

  1. Ju <3
    Antes de mais: KINDER! Uma páscoa sem um ovo kinder (mesmo assim um pequenino) não é a mesma coisa, não é! Uma Feliz Páscoa...

    Depois, o ser humano não é um animal gregário? É! Alias é a sua principal característica. E sim, só conseguimos ser realmente felizes se estiveres com os outros, se sentirmos os outros, se convivermos, se nos comunicarmos... É assim no teu aniversario, no aniversario de quem gostas, no Natal, na Páscoa... É assim sempre, precisamos da aprovação e do amor de quem nos rodeia. É questionável, claro se vivemos ou não em função dessa aprovação, mas meu amor... Não é de longe o teu caso. Não acredito que te mentes a fazer coisas que tu não gostas só para partilhar numa rede social. Se metes de propósito dois ovos kinder's em cima de uma toalha bonita para partilhares o teu gosto pelo chocolate? Pois que acredito! Pois que não acho mal nenhum nisso :D
    Sinceramente, farta-me um bocadinho a conversa de algumas pessoas super "intelectuais" que gostam de criticar os outros... Se acham isso tudo, então não estão a fazer o mesmo? A falar do assunto num canal para pedir audiências, acima de tudo aprovação? Pois.
    Não fiques tristinha, sabes bem aquilo que és. E eu adorooo :)))

    Beijinho *

    P.S. Viste o novo trabalho do Banksy? Mobile lovers? Tenho a certeza que não és assim com o M. ahah :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. +felizes se estivermos com os outros
      * Não acredito que te metas

      Eliminar
    2. Obrigada querida Ana, adorei o teu comentário :) *

      Eliminar
  2. Lembro-me de em criança o meu pai chegar a casa ao fim do dia de trabalho e trazer-me um Kinder Surpresa. Como gostava tanto... restam-me as memórias. Quando tiver um filho vou ver se retomo este pequeno gesto. Se bem que não queria dar doces a um filho meu até os 5/6 anos. Os doces tão mesmo cabo dos dentes... Mas tirando este pequeno detalhe como eu adoro Kinder Supresa.
    http://newblackis.blogspot.pt/

    https://www.facebook.com/TheNewBlackIs

    ResponderEliminar
  3. realmente esta necessidade de documentar todos os momentos da nossa vida é um pouco excessiva e por vezes deixas passar o momento só para tirar uma boa fotografia, o ideal é encontrar um meio termo...apesar de não ser fácil é possível ;)

    ResponderEliminar
  4. Ainda no domingo à tarde (enquanto o Glorioso se tornava campeão), olhei a volta e via tudo agarrado ao telemóvel... acho que se está a tornar obsessivo para algumas pessoas...

    ResponderEliminar
  5. Penso que existam casos realmente excessivos (after sex selfie... what?) Mas também penso que não exista mal nenhum em partilhar coisas que nos fazem feliz :)
    Bj*

    365 Days of Blues

    ResponderEliminar
  6. Tirar uma fotografia por dia, pelo menos para mim, ajudou-me a ver a vida numa outra perspectiva. Ao início pensava como tu, que iria ter de produzir algo para mostrar aos outros. A partir de uma certa altura, pensei: "não, isto não é para satisfazer os outros, é algo que decidi dedicar a mim mesma". E aí, sim, fez todo o sentido. Hoje, o momento de tirar uma fotografia por dia passou a ser o momento em que penso mais sobre aquilo que me rodeia e o que isso me afecta, seja directa ou indirectamente. Não deixou de ser algo para mostrar às pessoas, mas é certamente algo que eu vejo e que quero mostrar a quem me vê também. Só por isso, vale bem a pena :)

    ResponderEliminar
  7. Não podia concordar mais contigo, também sou um bocado viciada no instagram e também aderi ao desafio da fotografia por dia, para mim é bom porque faz-me fotografar e procurar criatividade para tirar uma foto mesmo que o dia não tenha nada de especial.Ou seja faço isso para mim. No entanto tudo depende de como as pessoas levam as coisas... De qualquer forma é obvio que tudo o que é em exagero é mau!

    ResponderEliminar
  8. "true happiness is only real when shared" ;)
    não te sintas "mal" só porque existe alguém que critica ou considera "errado", se te faz feliz ... just Do it!! :) :* :*

    ResponderEliminar
  9. Quem não gosta de ovos Kinder? Os maravilhosos ovos Kinder!

    umaestrelanosapato.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Concordo inteiramente e muitas vezes, a única recordação que fica do momento é mesmo só a fotografia porque a sensação e a alegria passaram ao lado.
    :)

    ResponderEliminar

Subscribe