São Miguel, day 2

sexta-feira, outubro 21, 2016

Depois de tomarmos o nosso mega pequeno almoço no hotel (a minha escolha foi quase sempre a mesma: ovos mexidos, cogumelos e ananás, tentei resistir ao pão, croissants e bolos, mas nos últimos dois dias tive que comer uma fatia de bolo com sementes de papoila que era delicioso!) lá fomos nós para mais um dia fantástico, aliás para mim foi o melhor da viagem (se é possível eleger um, já que foram todos maravilhosos)


A primeira paragem foi no Pico do Carvão, estava bastante vento, mas um sol muito agradável. Tirámos fotografias, observámos as vaquinhas e seguimos viagem até à Lagoa das Setes Cidade. Mais um sítio absolutamente mágico. 




No Miradouro Vista do Rei temos uma vista digna de Rei, mas onde gostámos mesmo de apreciar a beleza desta lagoa foi no hotel abandonado Monte Palace (aqui está uma reportagem que foi feita pela SIC sobre este espaço). O Hotel é completamente assustador, como conseguem imaginar, é mesmo impressionante. Depois de percorrer aquelas escadas assustadoras e frias, chegámos à varanda de um dos supostos quartos e a vista é brutal.



De seguida descemos até à Vila das Sete Cidades e sentámo-nos a apreciar a vista e a aquecer ao sol na ponte que divide as duas lagoas (uma de cor azul e outra verde). Depois de almoço fomos até à igreja São Nicolau.


Parámos no Miradouro Cerrada das Freiras (mais um miradouro onde podemos observar a Lagoa das Sete Cidades) e fomos, à descoberta, da Lagoa de Santiago, mais um pequeno paraíso (este, pelo que me apercebi, pouco conhecido, não estava lá ninguém), uma lagoa lindíssima, a natureza no seu estado mais puro.


Parámos em Mosteiros para apreciar o mar e comer um gelado.


Quisemos continuar a ver o mar de perto e fomos até à Ferraria, a ideia era banhar naquele mar, mas a água pouco quente (porque fria não estava) e o fresquinho que se fazia sentir cá fora demoveu-nos e então, fomos até às Termas da Ferraria e aí sim deliciamos-nos naquelas piscinas de água tão, mas tão quente. O preço de entrada são 6€, mas como chegamos lá por volta das 16h30, o M. fez negócio e só pagamos 3€.


De seguida fomos para (na minha opinião) o melhor momento desta viagem. Eu (e penso que metade da população mundial) tenho um fascínio gigante por pores-do-sol, deixa-me num estado de felicidade e paz apreciar esse momento que é inexplicável e, garanto-vos, que este foi dos mais fantásticos que eu vi. Não há palavras, nem fotografias que consigam ilustrar metade daquela beleza, mas aqui fica uma pequena amostra do pôr-do-sol que observamos no Miradouro do Escalvado.


[o primeiro dia desta viagem está aqui]



Também andamos por aqui, todos os dias:
instagram @happinessinthebox
e snapchat @jufigueiredosil

Be happy, 
Ju ♡

You Might Also Like

1 comentários

  1. Fotos maravilhosas :) e eu que tenho de ir ao açores, mas à ilha terceira :)
    Beijinhoo
    RITISSIMA BLOG

    ResponderEliminar

Subscribe