SÃO MIGUEL, DAY 5 & WHERE TO EAT

sexta-feira, novembro 11, 2016



Bom dia alegria.

E hoje trago-vos o último dia desta nossa viagem. Como tínhamos que estar no aeroporto por volta das 12h00 só tivemos tempo de ir ao mercado de Ponta Delgada e dar uma volta pela cidade.




No mercado eu comprei vários ananases (os melhores!) e compramos também algumas lembranças para trazer.



Vou-vos mostrar também os sítios onde comemos e que valem mesmo a pena!

Alabote


Um restaurante com muito requinte, empregados super atenciosos e os pratos (além de saborosos) têm uma excelente apresentação.

As escolhas foram: Atum Braseado (tão, mas tão bom: tinha cebola, pimento e mel, a fusão dos sabores e o atum cortado de forma muito fina deixaram-me maravilhada).
Filetes com molho de manga (igualmente saborosos e muito macios) e arroz de caril com legumes, um prato simples, mas igualmente saboroso. De entrada pedimos uma entrada típica nos açores (queijo fresco com um molho de pimenta).

[Largo East Providence, 68Ribeira Grande. 65€ para 4 pessoas]




A Tasca



Em termos de decoração este foi o restaurante mais giro onde tivemos. Uma decoração rústica, 
muito, muito gira. O pessoal super simpático e bem disposto.
As escolhas: Lapas grelhadas para a entrada (não gostei nada!), bacalhau à tasqueiro, pote à pescador (uma espécie de caldeirada), lombo de atum com sementes de sésamo (o A. adorou!) e mil folhas de bacalhau (óptimo!). Bebemos vinho da casa e, uma vez mais, ananás à sobremesa.

[Rua do Aljube 16Ponta Delgada. 65€ para 4 pessoas]

Cais 20



Um restaurante onde as doses são muito bem servidas e nada caro. 
Escolhemos: Ovas fritas (muito boas!), assinhas, pão de alho (gulosos!!),
hambúrguer à cais 20, duas espetadas da vazia e cubos de peixe com molho tártaro e batata frita 
(este último foi a minha escolha, estava top!)
Mas aqui a nota máxima vai para a sobremesa, foi a única que comi enquanto estive nos Açores e 
digo-vos que valeu mesmo a pena, era tãooo boa, uma espécie de gelado mas com bolacha de 
chocolate no meio e canela, nunca comi um gelado assim, DELICIOSO!
O pessoal do restaurante também era super simpático e ainda nos rimos imenso com um dos 
empregados que estava sempre a pregar partidas e a certa altura finge que nos vai dar um café e deixa cair
a chávena, mas estava vazia, deviam ver a reacção de pânico e o empregado desata-se a rir.

[2 Rua Terreiro 41, Ponta Delgada, Ilha De São Miguel, 9500 65€ para 4 pessoas]


Restaurante da Associação Agrícola de S.Miguel

O espaço deste restaurante é gigante e, segundo os pais do Marco que já lá tinham estado há 3 anos, o espaço era menos de metade. Quanto à comida eu não posso opinar muito, pois a rainha da festa aqui é a vaca (e não no bom sentido, pelo menos para mim) quem é apreciador de carne diz que os bifes lá são uma maravilha, podem escolher vários molhos (escolheram de 3 pimentas e mostarda) o M. escolheu o bife à associação que tinha 500g (gigante portanto!). Eu comi peixe com molho tártaro e legumes (já não me recordo que peixe era), de entrada comemos o famoso queijo fresco com pimenta e também tivemos direito a bolo lêvedo. 

[Campo Do Santana, Recinto Da Feira Rabo de Peixe 37. 78€ para 4 pessoas]

Quinta dos Açores

Este restaurante é mais estilo comida "fast food", no entanto segundo o conceito do espaço os produtos são todos nacionais. Eu gostei bastante do meu prato, um hambúrguer de requeijão com molho tártaro em bolo lêvedo - só vir neste pãozinho já é meio caminho andando para eu adorar - eles escolheram Acorianinhas (uma espécie de francesinha, mas com um molho diferente, um pouco enjoativo segundo quem provou e a S. só comeu sopa da pedra).

[Caminho da Levada 134, Fajã de Baixo. 35€ para 4 pessoas]

Mercado do Peixe

Um espaço com uma decoração típica e agradável. As escolhas: Bacalhau à Micaelense, peixe espada grelhado, bife de atum em cama de cebolada e lulinhas à algarvia. Estava tudo bom, nada de extraordinário, mas também não ficámos desiludidos.

[Av. Infante D.Henrique nº 15.  70€ para 4 pessoas]


Não estão aqui todos os sítios onde fomos, mas estes são aqueles que vale a pena assinalar. Como podem ver é fácil comer-se bem em S. Miguel e somos sempre atendidos com muito boa disposição. Os preços também não são nada de extraordinário. 

Espero que tenham gostado desta tour por S. Miguel, eu já morro de saudades daquele pequeno paraíso.




Vejam os outros dias aqui: um, dois, três e quatro.


Também andamos por aqui, todos os dias:

e snapchat @jufigueiredosil




Be happy, 
Ju ♡

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe